Comitiva no Vale do Javari marca presença do governo em região de conflito

Indígenas cantam em homenagem a Bruno Pereira e Dom Phillips, com a presença das viúvas Beatriz Matos e Alessandra Sampaio, durante reunião da comitiva do governo federal com lideranças da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude - Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Viúvas de Bruno e Dom estiveram no evento, que reuniu lideranças da Univaja, indígenas e membros do alto escalão do governo federal – Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude

O governo federal enviou uma comitiva a Atalaia do Norte (AM) nesta segunda-feira (27), para um evento promovido pela Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari). A região é marcada por conflitos e foi onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips foram assassinados, num dos episódios mais tristes de 2022.

A Univaja pede que o Poder Público se comprometa com mais proteção aos povos indígenas e de todos aqueles que trabalham contra o avanço de atividades como o garimpo, a pesca e a extração ilegais.

Confira o LatitudeCast especial sobre o evento, com trechos das principais falas da reunião

Estiveram presente no evento:

  • Sonia Guajajara, ministra dos Povos Indígenas
  • Joenia Wapichana, presidente da Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas)
  • Alessandra Samaio, viúva de Dom Philips
  • Beatriz Matos, viúva de Bruno Pereira
  • Beto Marubo, membro da Univaja
  • Stephanie Al-Qaq, embaixadora do Reino Unido no Brasil
  • Rodrigo Agostinho, presidente do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis)

As fotos do evento são do fotojornalista Edmar Barros, colaborador da Amazônia Latitude.

Beatriz Matos e Alessandra Sampaio, viúvas de Bruno Pereira e Dom Phillips, conversam com mulheres indígenas. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara e comitiva do governo federal chegam de hidroavião, para reunião com lideranças da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara e comitiva do governo federal chegam de hidroavião, para reunião com lideranças da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara e comitiva do governo federal chegam de hidroavião, para reunião com lideranças da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara e comitiva do governo federal chegam de hidroavião, para reunião com lideranças da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara e comitiva do governo federal chegam de hidroavião, para reunião com lideranças da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

 

Estamos aqui para gente fortalecer essas ações na região para proteger a vida dos povos indígenas e lideranças que seguem ameaçadas e também a proteção do território. O Vale do Javari é a região da Amazônia brasileira com a maior presença de povos isolados, que estão ameaçados aqui pela mineração, pela exploração ilegal de madeira, pela pesca e caça ilegais e a gente precisa trazer o Estado para garantir essa segurança.
Sonia Guajajara, ministra dos Povos Indígenas

 

Indígenas cantam em homenagem a Bruno Pereira e Dom Phillips, com a presença das viúvas Beatriz Matos (dir.) e Alessandra Sampaio (esq), durante reunião da comitiva do governo federal com lideranças da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

 

A antropóloga Beatriz Matos, viúva do indigenista Bruno Pereira, será diretora do Departamento de Proteção Territorial e de Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato do Ministério dos Povos Indígenas.

Estou muito honrada com esse cargo, por dar continuidade ao trabalho do Bruno e dizer que eu a gente vai estar aberta a vocês. Estou levando vocês e o Javari comigo. Então, esse ministério, esse departamento vai ter o ouvido sempre aberto para vocês. É muito importante para a gente, para mim, para minha família e para o Brasil todo.
Beatriz Matos

 

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal, na sede da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

 

A Funai voltou e o Ministério dos Povos Indígenas está com essa missão de articular para defender a vida, proteger os territórios. Essa articulação conjunta com outros ministérios e também a parceria com o movimento indígena e com as entidades da sociedade civil não é só chegar aqui para fazer anúncios, mas para manter presença por meio dos órgãos responsáveis.
Sonia Guajajara, ministra dos Povos Indígenas

 

Indígenas da etnia Kanamari, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal, na sede da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Embaixadora do Reino Unido, Stephanie Al-Qaq, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Indígenas da etnia Kanamari, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal, na sede da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Beatriz Matos e Alessandra Sampaio (D/E), viúvas de Bruno Pereira e Dom Phillips, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal na sede da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Presidenta da Funai, Joenia Wapichana, segura documento com reivindicações entregue por lideranças indígenas. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Indígena da etnia Tikuna, durante reunião da comitiva do governo federal com lideranças da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Print Friendly, PDF & Email

Você pode gostar...

Translate »