LatitudeCast (ed. especial): Comitiva do governo no Vale do Javari e a violência na região

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal, na sede da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude - Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, durante reunião de lideranças indígenas com a comitiva do governo federal, na sede da Univaja. Foto: Edmar Barros/Amazônia Latitude – Atalaia do Norte (AM), 27.fev.23

A semana começou com o desembarque de uma comitiva do governo federal em Atalaia do Norte (AM), que contou com a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, a presidente da Funai, Joenia Wapichana, e representantes dos Ministérios da Justiça e dos Direitos Humanos. O objetivo da viagem foi uma reunião com lideranças locais como Beto Marubo para discutir a segurança dos indígenas e demais povos da região, onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips foram assassinados.

Estamos aqui para fortalecer essas ações na região para proteger a vida dos povos indígenas e lideranças que seguem ameaçadas e também a proteção do território. O Vale do Javari é a região da Amazônia brasileira com a maior presença de povos isolados, que estão ameaçados aqui pela mineração, pela exploração ilegal de madeira, pela pesca e caça ilegais e a gente precisa trazer o Estado para garantir essa segurança.
Sônia Guajajara

Confira aqui a galeria de fotos da reunião

As viúvas do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips estiveram presentes no evento. A antropóloga Beatriz Matos, viúva de Bruno, em uma reafirmação de sua disposição de luta, assumiu há duas semanas a direção do Departamento de Proteção Territorial e de Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato do Ministério dos Povos Indígenas.

Estou muito honrada com esse cargo, por dar continuidade ao trabalho do Bruno e dizer que eu a gente vai estar aberta a vocês. Estou levando vocês e o Javari comigo. Então, esse ministério, este departamento vai ter o ouvido sempre aberto para vocês. É muito importante para a gente, para mim, para minha família e para o Brasil todo.
Beatriz Matos

Beto Marubo, membro da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), amigo e colega de trabalho do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, também falou sobre a urgência de combater o crime organizado na região.

Eu não me sinto à vontade de estar aqui, porque não tem garantia nenhuma [de segurança]. Nós temos piratas, temos invasores hoje de tudo quanto é espécie. Se não combater isso que vem nos afetando, nós vamos continuar vendo lideranças ameaçadas, ou indigenistas da Funai sendo mortos, outros da Sesai sendo mortos na nossa região. Nós não queremos isso. E nós vamos cobrar a imprensa. Nos ajudem a cobrar.
Beto Marubo

Nesta edição especial do LatitudeCast, mostramos o que as lideranças presentes na reunião em Atalaia do Norte discutiram e a força tarefa para garantir maior segurança para a região.

Print Friendly, PDF & Email

Você pode gostar...

Translate »