Fotogaleria: Festival da Castanha Nova, uma semente de resistência

Encerramento da10ª edição do Festival da Castanha Nova, na Aldeia Kyikatejê, contou com uma série de modalidades, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das 7 etnias. Aldeia Kyikatejê. 15/abr/23. Foto: Anderson Barbosa/Amazônia Latitude

Para o cacique Zeca Gavião, o festival é uma forma de resgatar rituais que estavam sendo esquecidos, além de organizar-se e afirmar-se como Gavião.
Foto: Anderson Barbosa/Amazônia Latitude

A nova safra de castanha é motivo de esperança e resistência para os povos da Terra Indígena Mãe Maria, no leste do Pará. Para celebrar a colheita da principal atividade econômica da região e fortalecer laços com povos parceiros, a aldeia Gavião Kyikatejê, do povo Gavião, sediou entre 9 e 15 de abril o 10º Festival da Castanha Nova.

Neste ano, participaram os povos Xikrin do O-Odja, Kayapó Garotire, Krahô, Canela, Krikati , Gavião e Gavião do Maranhão.

O evento teve atividades culturais e esportivas, como natação, arco e flecha, corrida da tora, corrida da vara de mão (na qual os grupos revezam um pequeno bastão) e cabo de guerra.

Segundo o caciquei Zeca Gavião, o Festival da Castanha Nova é uma forma de resgatar rituais que estavam sendo esquecidos, além de organizar-se e afirmar-se como Gavião.

“Pensamos no Festival da Castanha Nova porque envolve todo mundo. Tentamos trazer alguns povos do tronco linguístico Timbira para tentar ter esse intercâmbio e fortalecer a nossa identidade”, afirmou o cacique.

As imagens a seguir foram registradas pelo fotojornalista Anderson Barbosa, da Amazônia Latitude, em 15 de abril de 2023.

Banner de divulgação do Festival no acesso à Aldeia Kyikatejê, onde aconteceu a 10ª edição do Festival da Castanha Nova, entre os dias 9 e 15 de abril

Portal de acesso à Aldeia Kyikatejê, onde aconteceu entre os dias 9 e 15 de abril, aa 10ª edição do Festival da Castanha Nova

O festival contou com um campeonato de futebol feminino; A equipe Kayapó venceu a Gavião e foi a campeã da modalidade

O campeonato de futebol masculino teve equipes Gavião de duas aldeias distintas

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

O Caciquei Zeca Gavião, da aldeia anfitriã do Festival, paticipou das competições de tiro ao alvo

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

O encerramento da festival teve diversas modalidades esportivas indígenas, incluindo tiro ao alvo, com arqueiros e arqueiras das sete etnias participantes do evento

Houve também uma corrida feminina com toras

Mulheres Krahô durante a final da corrida com tora, no encerramento da 10ª edição do Festival da Castanha Nova, na Aldeia Kyikatejê

Print Friendly, PDF & Email

Você pode gostar...

Translate »